Comprometido com a distribuição de Bíblias em países em desenvolvimento

Curso Bíblico – Lição 1

 

 

Curso Bíblico Online do Fundo Bíblico – Lição 1

O texto básico usado vem do curso publicado em 1977
pelo Instituto Ambassador

(Atualizado pelos editores do Fundo Bíblico em 2007)

(Carta aberta do Editor)

Prezados amigos:

Saudações e bem-vindos à nossa família de estudantes do Curso Bíblico Online que cresce cada vez mais!

Há alguns anos, havia um Curso de Estudo Bíblico por Correspondência que era prático, metódico, e que fazia com que o estudo da Palavra de Deus fosse realmente um prazer! Mais tarde, devido a certas circunstâncias trágicas, novas autoridades, ao tomarem conta do curso, desestimularam o estudo da Bíblia e descontinuram o Curso. Agora, porém, com a ajuda do nosso Deus Todo Poderoso, o curso vai ser reativado – e você tem a oportunidade de estar entre os primeiros a se matricular neste estudo único e de valor inestimável! É único porque não existe assunto na terra que seja mais oportuno e mais valioso do que este – e não tem preço porque nenhuma quantia em dinheiro poderia pagar a verdade de Deus (Provérbios 23:23; Atos 20:35). Além disso, Deus não quer que a casa dEle seja uma casa de venda. (João 2:16.) Sim, estamos lhe oferecendo este curso fabuloso gratuitamente – totalmente sem custo.

A primeira lição está cheia do conhecimento mais estimulante e poderoso que alguém pode adquirir: o conhecimento do propósito da existência humana! Será que a Bíblia é relevante nesta Era da Informação? As mentes mais brilhantes, os mais ricos e poderosos da terra não conhecem e não conseguem a chave para este conhecimento. Ele foi selado e resguardado da humanidade em geral – salvo pelo número relativamente pequeno dos que estão dispostos a se humilharem diante do Deus Criador, rendendo-se aos seus ensinamentos através de seu Espírito Santo (Isaías 66:2). Nesta lição vamos aprender que depois do período de grande tribulação que temos pela frente, haverá um mundo maravilhoso em que gozaremos mil anos de paz, seguido de felicidade que durará por toda a eternidade.

Este é um curso bíblico totalmente diferente. Um estudo que vai emocionar, estimular e desafiar você – levando-o a entender o significado dos aconteci-mentos mundiais e o propósito que está se realizando aqui agora.

Você já se perguntou o que realmente significam as condições mundiais atuais? Aonde nos leva a exaustão de nossos recursos naturais? Qual será o desfecho final da crise no Oriente Médio? Como o terrorismo global irá afetar a humanidade? Por que existe tanto caos e confusão no mundo de hoje?

O que nos reserva o futuro? Existe solução para estes problemas aparente-mente insolúveis?

Qual é o caminho para a paz mundial – o caminho para a libertação do medo e preocupações, pobreza, doença, infelicidade?

E para começar, por que o homem foi colocado aqui? Será que você, como indivíduo, foi colocado aqui com um objetivo? Se este é o caso, QUAL é este propósito? Por que você veio ao mundo?

O que é o Homem – por que ele existe?

Será que a religião moderna tem as respostas?

Qual é a verdade sobre questão doutrinárias como o céu, inferno, salvação, lei e graça, a grande tribulação, o arrebatamento, o nascimento virginal, a ressurreição, a segunda vinda, o milênio?

Mais do que qualquer coisa na sua vida, você precisa entender as respostas a todas estas perguntas!

Nas salas de aula, nos textos acadêmicos e nas revistas de atualidades, você encontra os problemas do mundo sendo discutidos e debatidos – entretanto, nenhuma solução viável é encontrada. E na maioria das publicações religiosas você encontra muita emoção e sentimentalismo – mas muito pouco enten-dimento.

Este curso de estudos bíblicos é inteiramente diferente – é o único do gênero!

Essas lições aos mesmo tempo informativas e reveladoras tornam claro o significado real que existe por trás dos eventos atuais. Elas revelam o impacto destes enormes problemas sobre as decisões sociais, familiares e pessoais com as quais se defrontam milhões de pessoas hoje em dia. Elas explicam o real propósito da vida humana.

Você vai estudar as verdades simples e claras de sua Bíblia! Você vai aprender como estudar a Bíblia – e por que tão poucos conseguem compreendê-la.

A ferramenta básica necessária para fazer este curso é sua Bíblia – mas se você conseguir uma ou mais traduções da Bíblia e uma boa concordância ou dicionário bíblico, isso vai ajudá-lo, embora não sejam essenciais.

Você vai se sentir tocado por estas lições que são vitalmente interessantes. Elas não são nunca áridas ou enfadonhas. Elas cintilam com interesse – e quando você se dispuser a realmente estudar a Bíblia, você será ricamente recompensado pelo encontro constante de novas verdades maravilhosas e empolgantes, com a ajuda e orientação de cada lição.

Não há nenhuma mensalidade a ser paga – estas lições são absolutamente gratuitas. Como é que podemos fazer isso? Porque em todo mundo, pessoas contribuem voluntariamente para que possamos trazer até você este precioso conhecimento que não tem preço. Proclamamos o espírito de dar e servir. Cobrar qualquer coisa pelos nossos serviços estaria em desacordo com este esse caminho de vida que temos aprendido. Nosso desejo é servir – compartilhar as verdades preciosas de Deus em um ministério de amor.

Que Deus possa abençoar ricamente seus esforços de entender Sua verdade.

________________________________________

Por que estudar
a Bíblia na era da
informação?

Por que devemos estudar a Bíblia?  Será que ela se ajust ao mundo de hoje?  Que é exatamente a Bíblia, e como devemos estudá-la para realmente entendê-la?  Esta lição lhe dá as respostas tiradas diretamente da sua Bíblia.

SOMOS NÓS? Fomos colocados na terra para um propósito? Se fomos, qual é esse propósito?

Por que há tantas vidas vazias, insatisfeitas e infelizes? Como torná-las felizes, abundantes, bem-sucedidas e produtivas?

Qual é a verdadeira causa das guerras, e como encontrar o caminho para a paz mundial? O que vem depois da morte – há realmente um caminho para a salvação e a vida eterna?

Será que estas questões são mesmo importantes? Talvez alguém pergunte: “Poderia haver algo mais importante que isso?” Se você quisesse encontrar as respostas para as questões fundamentais da vida, onde iria procurar?

O fundamento do conhecimento
Pense bem! Será que o Criador, com sua suprema inteligência, sabedoria e amor para planejar e realizar toda a obra da criação – a terra e toda a vida sobre ela – teria deixado os seres humanos ignorando o propósito ou a razão de estarem aqui, assim como as leis que lhes trariam paz, felicidade, alegria e todas as coisas boas que os homens vêm tentando buscar desde o princípio?

A resposta é NÃO! Deus deixou por escrito seu conhecimento básico como tesouro, revelando-o através da Bíblia Sagrada – o verdadeiro fundamento do conhecimento –, seu manual de instruções para a humanidade. Mesmo assim, poucas pessoas têm entendido as respostas tão claras que ali estão.

A Bíblia simplesmente é a revelação divina do conhecimento básico essencial que o homem é incapaz de descobrir por si próprio através de outros meios.

Deus dotou o homem de poderes e habilidades que lhe permitissem descobrir e empregar as leis da ciência. Entretanto, nenhuma ferramenta ou instrumento da ciência jamais será capaz de lhe revelar o evangelho – a “boa nova” que Jesus Cristo trouxe, e o seu significado para a vida presente e futura. Esse evangelho não só diz se existe vida após a morte, qual a razão de você estar vivo e para onde está caminhando, mas também indica o caminho para uma vida feliz, abundante e pacífica aqui e agora. Não alcançando esse conhecimento essencial, os nossos cientistas, estadistas e líderes mundiais são incapazes de nos levar à paz universalmente desejada que nos assegure felicidade e vida abundante.

A Bíblia nos revela tudo isso – e muito mais! Este curso nos mostra onde encontrar a fonte do conhecimento.

Um livro de vida
Mas por que a maioria das pessoas julga que estudar a Bíblia é uma tarefa enfadonha, desinteressante e estafante – que, quando muito, é feita apenas por obrigação e medo de um Deus que lhe parece cruel?

Simplesmente porque as pessoas não conhecem a Deus, não sabem como ele é – e também porque elas nunca chegaram realmente a entender a Bíblia.

Neste estudo, veremos claramente que Deus é amor (1 João 4:8, 16), e não um Deus cruel e severo; veremos que ele deseja que todos nós sejamos felizes e que desfrutemos, em plenitude, uma vida alegre e interessante. E quando começarmos a entender a Bíblia, passaremos a achar este estudo o mais fascinante, interessante, proveitoso e agradável de nossas vidas.

Por onde começar
Um ponto de partida lógico e apropriado para começar o nosso estudo seria o princípio da Bíblia – com Deus como Criador –, logo no primeiro capítulo de Gênesis, comparando a narração bíblica da criação com a teoria moderna da evolução; estudando a criação do homem, a origem de Satanás, o primeiro pecado, e percorrendo todo o Antigo Testamento.

Um outro ponto de partida é o início do Novo Testamento. Enquanto as primeiras palavras do Antigo Testamento são: “No princípio criou Deus os céus e a terra” (Gênesis 1:1), no Novo Testamento, pela ordem cronológica dos acontecimentos, são elas: “No princípio era o Verbo” (João 1:1). Portanto, o relato da preexistência, do nascimento e da obra de Jesus Cristo – chamado o “Verbo” ou Porta-voz de Deus – também começa com as palavras: “No princípio”.

E há ainda um outro ponto natural de partida – o que nós escolhemos, o de partir desta geração em que estamos vivendo – uma época de situações conturbadas no mundo inteiro em que a ciência e a tecnologia produzem armas que ameaçam exterminar toda a vida deste planeta.

Sabemos que a Bíblia significará muito mais para você quando compreender bem a ligação dela com a sua vida nos dias de hoje.

Antes, porém, de começarmos este estudo fascinante, precisamos saber por que tão poucos realmente compreendem a Bíblia – e como você poderá compreendê-la.

Por que tanta confusão?
Por que se faz tanta confusão – por que há tanta discordância quanto ao que a Bíblia ensina? Por que as centenas de diferentes denominações e seitas religiosas não chegam a um acordo quanto ao que ensina o livro que usam como o reconhecido texto?

Por que tantas pessoas, capazes de entender qualquer outro livro, dizem: “Não consigo entender a Bíblia”?

Pegue um livro didático reconhecido sobre biologia como exemplo. Mostre-o a dez catedráticos dessa disciplina de dez universidades diferentes. Pergunte a eles o que diz o livro. Todos, de um modo geral, darão a mesma resposta. As pessoas raramente divergem quanto ao que dizem os livros didáticos reconhecidos, exceto quando se trata do mais importante de todos os livros – a Bíblia Sagrada.

Agora, apresente a Bíblia a dez professores de teologia, ou clérigos. Provavelmente você obterá várias respostas diferentes para praticamente todas as perguntas que fizer.

Sabe por quê?

Este é sem dúvida o enigma das gerações. O livro mais importante, porém o menos compreendido de todos, é o que mais se vende no mundo – ele é o mais conhecido e o mais procurado. É o único livro que tem sobrevivido apesar de todos os esforços para extingui-lo através das gerações.

A Bíblia é o único livro que predisse, séculos antes, as condições caóticas do nosso mundo. É o único livro que abre o nosso entendimento, com antecipação, para o maravilhoso, pacífico e feliz mundo de amanhã. É o único livro que predisse o erguimento e a queda de nações específicas, e revela o destino do mundo. Nenhum livro de inspiração meramente humana poderia nos revelar estas acontecimentos surpreendentes. Tais profecias deveriam ter sido divinamente inspiradas.

Este é o livro que, apesar da incompreensão humana, tem mudado mais vidas do que todos os outros em conjunto. E mesmo assim, quase ninguém o entende.

Por que é mal-entendido?
A Bíblia é o livro mais incompreendido de toda a história. É o mais distorcido, deturpado e difamado de todos os livros.

Por quê?

A resposta está em 2 Timóteo 3:16-17. O apóstolo Paulo foi inspirado por Deus a escrever: “Toda escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda a boa obra” (Edição Revista e Atualizada no Brasil, daqui em diante abreviada ARA).

Portanto, as Escrituras são úteis para nos repreender e corrigir.

Mas quantas pessoas você conhece se dispõem a aceitar a correção quando erram – a serem reprovadas pelos erros que cometem? A verdade é que ninguém gosta de ser reprovado e corrigido. Todos gostam de elogios – de bajulação —, mas a reprovação e a correção dificilmente aceitam.

Você percebe agora por que é tão difícil para tantas pessoas compreenderem e concordarem com a Bíblia? A Bíblia é o grande espelho espiritual de Deus. Ela expõe cada imperfeição de nosso pensamento, revela cada mancha de nosso caráter. Ela nos mostra como realmente somos – como Deus nos vê, não da maneira que imaginamos ser, ou como gostamos que as outras pessoas nos vêem.

“Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes” – ela penetra fundo e pelos dois lados – “… e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração” (Hebreus 4:12). Sim, ela abre e expõe à vista os nossos pensamentos mais íntimos. No entanto, quando o nosso Pai celestial nos fala e nos reprova, repreende ou corrige, por meio de suas Santas Escrituras, geralmente não gostamos de admitir nossos erros, nossas falhas, nossos maus costumes.

Foi assim que, séculos atrás, as pessoas começaram a interpretar a Bíblia. Conseqüentemente, a Palavra de Deus tem sido distorcida, deturpada e pervertida no seu verdadeiro significado. Devido às pessoas se esquivarem do seu significado, simples e claro, a Bíblia passou a ser o livro mais incompreendido da História.

Em vez de reconhecerem a verdade, os homens procuram justificar os seus próprios caminhos pervertendo a Santa Palavra de Deus. O apóstolo Paulo foi inspirado a escrever, em 2 Timóteo 4:1-4, que viria o tempo em que os homens não suportariam a sã doutrina. As pessoas tapariam os ouvidos para a verdade e se voltariam às fábulas. Isaías profetizou que os homens ordenariam: “Não profetizeis para nós o que é reto; dizei-nos cousas aprazíveis, profetizai-nos ilusões” (Isaías 30:8-10 – ARA).

Podemos perceber claramente por que as pessoas não entendem a Bíblia. Elas não se submetem à vontade de Deus – elas temem mais aos homens do que a Deus. Elas estremecem ao pensar no que os homens dizem, e não no que a Palavra de Deus tem a dizer.

Diz o Salmo 111:7-8 e 10: “… [São] fiéis todos os seus preceitos. Estáveis são eles para todo o sempre, instituídos em fidelidade e retidão [ARA] … O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que lhe obedecem” (ERCB).

Davi tinha entendimento quando disse: “Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho” (Salmo 119:105).

A geração de hoje é como a dos dias de Jesus, sobre a qual ele disse: “E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más” (João 3:19). Sim, a Bíblia é luz – uma lâmpada para os nossos pés, e uma luz para o nosso caminho.

Mas o mundo certamente encontra-se envolvido em espessa escuridão.

O significado foi selado até agora
Bruce Barton (1886-1967), um famoso editor e publicista, escreveu um livro sobre a Bíblia intitulado O Livro que Ninguém Conhece. O título certamente tem sentido, até recentemente!

Depois de revelar muitas profecias ao profeta Daniel, Deus disse-lhe: ” … Fecha estas palavras e sela este livro, até ao fim do tempo: muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará” (Daniel 12:4). No tempo do “fim” a ciência – o conhecimento – inclusive o conhecimento das Escrituras – ia aumentar.

A tradução em inglês de Moffatt traduz “o fim do tempo” como “a crise no final”. O mundo inteiro está agora numa condição de condição de caos total – estamos agora no período de crise nos fins desta época da história. “Nenhum dos ímpios entenderá, mas os sábios entenderão” (Daniel 12:10, negrito nosso).

Apesar de serem hoje amplamente distribuídos exemplares da Palavra de Deus e do conhecimento geral das Escrituras, o mundo como um todo ainda não compreende a Bíblia. O mundo não sabe para onde caminha, tampouco compreende as lições do passado. Nunca a humanidade precisou tanto entender melhor o conhecimento de Deus como agora.

Precisa-se o conhecimento espiritual
mais que nunca

Autoridades na área afirmam-nos que os conhecimentos científicos e tecnológicos têm dobrado nos últimos cinco anos – mas também os problemas do mundo. É óbvio que o conhecimento material e o “know-how” tecnológico e científico não forneceram ao homem soluções para os problemas mundiais. Esse conhecimento, ao contrário, acabou provocando uma proliferação dos problemas, colocando a humanidade à beira do aniquilamento nuclear.

O ex-presidente dos Estados Unidos, o falecido Dwight D. Eisenhower, reconheceu o rumo que o gênio científico malconduzido da humanidade estava tomando. Em seu discurso inaugural, em 1953, ele declarou: “Na corrida desenfreada dos grandes acontecimentos, nós nos vemos tateando para compreender o significado total e o sentido real do tempo em que vivemos. . . . Que distância conseguimos percorrer nessa longa peregrinação das trevas para a luz? Estamos nos aproximando da luz? – do dia de liberdade e paz para toda a humanidade? Ou são as sombras da noite que se aproximam de nós? . . . A ciência parece estar pronta para nos conferir, como sua dádiva final, o poder de erradicar por completo a vida humana deste planeta.”

Os presidentes nos Estados Unidos que seguiram tiveram que enfrentar o mesmo dilema, com têm também todos os líderes nas nações deste mundo.

Como pode ser evitado o desastre mundial? Qual é a solução para o desenvolvimento contínuo da corrida de armas que leva a um “Armagedom” nuclear?

Ao final da Segunda Guerra Mundial, logo após a rendição dos japoneses, a bordo do navio de guerra Missouri, na baía de Tóquio, o general Douglas MacArthur mostrou a única solução possível. Ele proferiu estas fatídicas palavras:

“Desde o limiar dos tempos, os homens buscam a paz. Através das gerações, vários métodos têm sido utilizados na tentativa de conceber um processo internacional que evite ou resolva as disputas entre nações … Alianças militares, equilíbrio de poderes, ligas de nações; todos, por sua vez, falharam, deixando apenas um único caminho a seguir: o crisol da guerra. A nocividade destruidora da guerra vem eliminando essa alternativa. Já tivemos a nossa última oportunidade. Se não descobrirmos um sistema maior e mais justo, o Armagedom estará à nossa porta. Fundamentalmente, o problema é teológico, e envolve um avivamento ou aprimoramento espiritual do caráter humano que esteja sincronizado com os nossos avanços quase incomparáveis, seja na ciência, na arte, na literatura, seja em todo o desenvolvimento material e cultural dos últimos dois mil anos. Cabe ao espírito a salvação da carne” (Reminiscences, p. 459, a tradução é nossa).

Repare bem estas notáveis palavras. MacArthur, que foi um dos generais mais eminentes e famosos dos últimos tempos, sabia que a única solução para os males deste mundo seria a renovação do espírito do homem – um aprimoramento do caráter humano.

Sejamos honestos. Encaremos os fatos. EXISTE UMA CAUSA PARA CADA EFEITO. O homem resolveu seguir o seu próprio caminho e rejeitar o conhecimento revelado de Deus; por isso a espécie humana está sofrendo as conseqüências. Os próprios caminhos do homem são a causa do infortúnio e das complicações que afligem o mundo de hoje. Afastado de Deus e do entendimento de Sua Palavra, o gênio científico e tecnológico do homem, mal-orientado, o tem levado à beira da autodestruição.

O problema, portanto, é essencialmente de caráter teológico, como Deus claramente afirma em Sua Palavra: “Meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento [espiritual, verdadeiro]” (Oséias 4:6, ARA).

Somente uma esperança
As pessoas em geral tendem a se iludir a si mesmas, pensando que não existe perigo algum no momento – e que o mundo sempre foi tão caótico como hoje. Sem dúvida, a natureza humana continua basicamente a mesma. Os meios empregados pelos homens de mentalidade carnal sempre resultaram em morte e destruição (Provérbios 14:12).

Mas o apóstolo Paulo disse: “Os homens maus e enganadores irão de mal para pior” (2 Timóteo 3:13). Isto, associado à dura realidade de que antes nunca fora possível um extermínio da espécie humana como agora, deve nos despertar!

Jesus Cristo conhecia a terrível situação que os homens acabariam atraindo para si mesmos. Ele predisse: “E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria” (Mateus 24:22).

Apesar disso, a Bíblia mostra que há esperança para a humanidade. Deus prometeu intervir nos assuntos humanos. Ele não vai permitir que o gênio científico do homem destrua toda a vida do planeta. Ele prometiu enviar Jesus Cristo novamente – e desta vez para nos salvar de nós mesmos e, finalmente, nos trazer a paz.

Você pode começar a entender
Então, como você pode começar a entender realmente a Bíblia? Eis como poderá iniciar esta emocionante aventura.

Estude a Bíblia para encontrar a verdade. Esteja atento para examinar tudo (1 Tessalonicenses 5:21). Então, creia em Deus e na sua Palavra, do mesmo modo como aceitaria qualquer outro livro em que tivesse confiança.

Acima de tudo, não tente interpretar a Bíblia ao colocar o seu próprio entendimento dentro da leitura. Lembre-se que Bíblia interpreta-se a si mesma. Quando o apóstolo Paulo foi a Beréia, as pessoas perceberam que ele pregava algo inteiramente diferente daquilo que lhes tinham ensinado e daquilo em que sempre acreditaram. Ninguém sabia se Paulo era um falso profeta ou um homem enviado por Deus. Observe o que fizeram: “Ora estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra [isto é, sem preconceito], examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim” (Atos 17:11).

Portanto, estude sua Bíblia sem preconceito. Porém, seja cauteloso para comprovar tudo como os bereanos fizeram – examine nas Escrituras se tudo confere. Leia e estude a Bíblia diariamente – verifique você mesmo o que ela realmente ensina. Não suponha apenas que o que você sempre ouviu e tudo em que sempre acreditou é a verdade de Deus.

Instruções importantes
Este curso não é apenas um estudo das lições que lhe enviamos. As lições têm por finalidade mostrar-lhe onde localizar em sua Bíblia os versículos relacionados com o assunto em questão. Para isso, você deve consultar cada referência bíblica dada em resposta às perguntas feitas e, atentamente, ler as respectivas passagens. Assim, você estará comprovando a verdade com a sua própria Bíblia.

Nosso curso é baseado na Edição Revista e Corrigida, de João Ferreira de Almeida, por ser a de maior aceitação no Brasil e em Portugal.

Muitos de nossos alunos dedicam algum tempo ao estudo diariamente. Mas a hora exata e a duração do estudo devem condizer com a sua própria conveniência ou preferência pessoal. No entanto, recomendamos que você dedique pelo menos 30 minutos por dia para estudar a Bíblia através deste curso.

Uma palavra final sobre os exames. O leitor vai observar que existe um teste no final de cada lição. Consta uma revisão do material que você vai cobrir nesta lição – uma maneira educativa para ajudar o leitor lembrar-se dos fatos aprendidos, e para verificar o seu progresso. Cada lição vai conter um exame. Uma vez ter feito o exame, o leitor poderá verificar suas as respostas com as respostas corretas na última página, e obter a pontuação da prova.

Agora você já está pronto para começar o estudo desta lição.  ƒb

 

LIÇÃO 1

Que é “o fim do mundo”?

1. A pergunta foi feita a Jesus sobre “o fim do mundo” e o sinal que indicaria a volta dEle à Terra? Mateus 24:3.

COMENTÁRIO: O Novo Testamento, como inspirado originalmente por Deus, foi escrito no idioma grego. A palavra grega traduzida por “mundo”, aqui em Mateus 24:3, é aion, significando “época” – não o planeta físico em que vivemos. Foi por isso que várias versões da Bíblia traduzem a expressão como “fim da era”.

A pergunta feita a Jesus foi sobre o fim dos séculos atuais em se escreve a História humana. Embora Jesus tivesse falado sobre o potencial de o homem destruir toda a carne de sobre a terra, Ele também mostrou que Ele viria de volta para prevenir esse acontecimento.

2. A Bíblia nos diz que a Terra continuará a existir por quanto tempo? Ecclesiastes 1:4.

Um tempo de grande aflição

Jesus procedeu a responder a segunta parte da pergunta dos discíulos por dar-lhes um esboço de eventos que iam tomar lugar antes do Seu retorno à Terra. Vemos o relato em Mateus 24:21.

1. Jesus profetizou que um período de grande aflição ocorreria na Terra logo antes do Seu retorno? Mateus 24:21.

2. O que declarou Jesus que aconteceria se esses dias de tribulação não fossem abreviados? Mateus 24:22.

COMENTÁRIO: A tradução de Moffatt (no idioma Inglês) versa este versículo de um modo mais claro, traduzindo a expressão como “nenhuma alma seria salva viva”. Este versículo, então, não se refere à salvação espiritual de modo algum, mas a ser salvo de uma destruição física – da morte prematura.

3. Jesus profetizou que os somente os habitantes de Jerusalém seriam ameaçãdos com destruição total? Ou disse Ele claramente that ninguém estaria seguro da ameaça de anihilação? Mesmo versículo.

4. Quem vai intervir nos assuntos mundiais para abreviar esse tempo de aflição, e assim prevenir a anihilação de toda a humanidade? Marcos 13:20.

COMENTÁRIO: Estes versículos não significam que Deus vai alterar a hora do programado retorno de Cristo, mas que como Ele planejou orginalmente, Ele vai intervir no preciso momento que a humanidade destruir-se-ia a si mesma. Por esta intervenção já programada, Deus ABREVIARÁ os dias do reinado do homem que, se Deus não interviesse, acabariam na destruição de toda a vida humana.

Nenhum período como esse!

1. Já houve tempo igual de aflição como esse que acontecerá logo antes do retorno de Cristo? Mateus 24:21; Marcos 13:19.

2. Havia alguns dos profetas do Antigo Testamento que foram inspirados para prever o mesmo período de perigo mundial? Jeremias 30:7; Daniel 12:1.

COMENTÁRIO: Visto que cada uma das quatro profecias reveal que o período futuro de crise não vai ter igual, podem só referir ao período de grande clímax das preocupações do mundo!

3. Como descreveu o profeta Joel os eventos terríveis que vão acontecer no fim desta era de vivência humana? Joel 2:1-3.

A causa da guerra

Deus promete que intervirá nos assuntos do mundo para impedir a extinção da humanidade e nos trazer a paz mundial. E a fim de nos assegurar a paz permanente, ele também impedirá que as guerras aconteçam, pondo fim às suas causas.

1. A Bíblia mostra claramente que a guerra é o resultado dos anseios desregrados do homem? Tiago 4:1-2.

COMENTÁRIO: A natureza humana desenfreada, com todo seu orgulho, vaidade, inveja, cobiça e avareza, é a causa das guerras.

2. O conhecimento faz aumentar a soberba? 1 Coríntios 8:1. Visto que vivemos numa geração cujo conhecimento não pára de crescer, o que torna alguns homens possuidores de um grande poder, será que os anseios desregrados deles “nos últimos dias” os farão tornar-se cada vez melhores ou cada vez piores? 2 Timóteo 3:1-4, 13.

3. Qual é o resultado final das decisões e ações que parecem justas aos grandes líderes e ao povo em geral? Provérbios 14:12.

COMENTÁRIO: Este princípio é tão importante que Deus inspirou a sua repetição em Provérbios 16:25.

4. Que leva o homem a acreditar que as ações que terminam em morte trarão a paz? Jeremias 17:9. (Lembre-se de que, segundo as Escrituras, o coração geralmente se fere ao centro das emoções e pensamentos humanos.) Neste caso então, os governantes podem ser levados pelos próprios desejos a acreditar que suas obras más sejam boas e justas para o mundo? Mesmo versículo.

COMENTÁRIO: Os governos deste mundo prometem a paz. Mas os homens só têm provocado mais guerras, levando a humanidade à beira do extermínio.

5. Porventura, os governantes sabem como alcançar a paz? Romanos 3:17. O que Deus inspirou Isaías a escrever sobre a verdadeira compreensão do homem acerca do caminho da paz? Isaías 59:8.

6. Que acontecerá com os planos do homem para a paz? Isaías 33:7-8. Quando os embaixadores da paz lamentarem amargamente a grande destruição, Deus intervirá? Versículo 10.

COMENTÁRIO: Por toda a Bíblia, a guerra é retratada como uma conseqüência da sede de poder ou de cobiça. A cobiça é uma característica inerente à natureza humana. Mas os chefes de governo deste mundo podem mudar a natureza humana? Claro que não! A história humana tem provado que o homem, por si mesmo, é totalmente incapaz de realizar esta mudança. Ao longo da história, as negociações para a paz têm sido acompanhadas e apoiadas pelas mais vigorosas preparações para a guerra.

A história hoje não é diferente.

Poderá algum governo humano pôr fim à guerra definitivamente? Obviamente que não! Quando se olha os registros da história e o que está revelado na Bíblia, a resposta fica clara: somente Deus pode acabar definitivamente com todas as guerras, porque só ele tem o poder para mudar a natureza humana.

Mas de que maneira, exatamente, Deus irá estabelecer e manter a paz no mundo após o retorno de Jesus Cristo?

A única solução real e duradoura já foi há muito tempo planejada. E esse plano está revelado em sua Bíblia.

Governo mundial que trará a paz

1. Será que Deus intervenha nos assuntos mundiais sem primeiramente revelar sobre esta intervenção aos Seus profetas? Amós 3:7.

2. Deus revelou ao seu profeta Isaías, há mais de 2.000 anos, que estabeleceria numa época futura o seu governo aqui na terra? Isaías 2:1-3. Será um reino de domínio mundial? Daniel 2:44; Salmo 67:4.

3. Haverá, então, operações de guerra como acontece hoje entre as nações? Isaías 2:4. O caminho da paz e da produtividade será ensinado a todas as pessoas? Mesmo versículo.

COMENTÁRIO: Aquele que criou o homem vem para estabelecer o Governo de Deus aqui na terra, e ensinar-lhe o caminho da paz, canalizando o gênio inventivo dele inteiramente para as vias pacíficas.

4. Miquéias também profetizou o estabelecimento do reino de Deus na terra? Miquéias 4:1-4.

COMENTÁRIO: Um governo todo-poderoso, de domínio mundial, na verdade está vindo para resolver com justiça todos os problemas de todos os povos – não será um governo chefiado pelos homens, mas pelo próprio Criador, vivo e Todo-Poderoso do Universo!

5. Sobre quem Isaías profetizou que governaria sobre a terra? Isaías 11:1-4. Foi sobre Davi, a “raiz”, ou filho de Jessé? Atos 13:22. Então, este “renovo” se refere claramente a Jesus Cristo? Versículo 23. E o “renovo” que sai da raiz de Jessé, também se refere a Cristo? Jeremias 23:5-6.

COMENTÁRIO: A profecia de Isaías 11 predisse, séculos antes, que Jesus Cristo um dia reinaria sobre a terra.

6. Antes de Jesus nascer, um anjo teria dito a Maria, sua mãe, que o destino dele seria ocupar um trono e reinar sobre a terra? Lucas 1:32-33.

7. Daniel foi inspirado a prever o tempo em que os santos – os verdadeiros cristãos – reinarão sobre a terra com Cristo? Daniel 7:18, 21-22, 27.

Qual é o verdadeiro evangelho?

1. Jesus foi enviado à terra, quase 2.000 anos atrás, para proclamar as palavras do Pai? João 12:49; 14:24. Qual foi a sua mensagem? Marcos 1:14; Mateus 9:35. Jesus disse que devemos crer nesse “evangelho”? Marcos 1:15; 16:15-16.

COMENTÁRIO: A palavra “evangelho” significa boa nova. Jesus saiu por toda parte pregando a Boa Nova do reino de Deus. O reino de Deus que Jesus pregou é uma realidade presente e futura para os cristãos. O evangelho inclui a boa nova do perdão de nossos pecados, e da nossa redenção por nosso Salvador. O evangelho abrange os ensinamentos de que os cristãos devem amar ao seu próximo.

A mensagem que Jesus pregou é a Boa Nova de que Deus irá trazer a paz mundial ao estabelecer seu reino divino sobre todas as nações. Jesus Cristo, no seu retorno, assumirá através do poder de Deus o controle de todos os governos humanos e governará com as leis de Deus. O evangelho de Jesus também declara como podemos receber o dom da vida eterna no reino de Deus.

2. Jesus enviou os seus apóstolos e verdadeiros ministros para que pregassem este mesmo evangelho ao mundo (inclusive todos os seus ensinamentos)? Lucas 9:1-2; Mateus 28:19-20. Era para ser pregado este evangelho do Reino de Deus em todo o mundo logo antes do “fim” e da Sua seguna vinda? Matteus 24:14; Marcos 13:10.

COMENTÁRIO: O evangelho que Jesus incluía em se fazer “discípulos de todas as nações”. Os primeiros apóstolos seguiram as instruções de Jesus.

3. Que evangelho Filipe pregou? Atos 8:12. E Paulo? Atos 19:8; 14:22. Paulo pregou o mesmo evangelho entre os gentios em Éfeso? Atos 20:25. Que evangelho pregou ele aos judeus e gentios em Roma? Atos 28:23, 28-31.

4. Filipe fez parte do grupo original de discípulos? Atos 6:1-6. Os originais discípulos ficaram em Jerusalém por um período, durante o período de perseguição? Atos 8:1. A Palavra de Deus foi divulgada por outras pessoas além dos originais discípulos? Atos 8:4.

COMENTÁRIO: Isso mostra que embora a commissão foi dada aos originais discípulos que se tornaram em apóstolos, eles treinaram outros para ir mundo afora com a mensagem. O Livro de Atos mostra que o “Ide” não foi limitado apenas aos apóstolos.

5. Alguns falsos ministros, nos dias de Paulo, tentaram distorcer o evangelho de Cristo? Gál. 1:6, 7. Que condenação proferiu Paul naquele que tentar pregar outro “evangelho? Versículo 8. Paulo repetiu este almadiçoamento? Versículo 9.

COMENTÁRIO: A Bíblia mostra que existe APENAS UM EVANGELHO VERDADEIRO! Hoje ouvimos muitos “evangelhos” sobre a pessoa de Cristo, mas quantos ouvimos a pregação sobre “o evangelho de Cristo” – o evangelho que Ele pregou – o “evangelho do Reino de Deus”?

O Plano de Deus de 7.000 anos

A maioria das pessoas nunca ouviram falar sobre o plano mestre de Deus de 7.000 anos para a humanidade. O grande plano é prefigurado pela semana de sete dias.

1. Deus criou todas as formas de vida existentes hoje em seis dias e depois descansou no Sábado? Ele deu o homem seis dias em que trabalhar, seguido por um dia de descanso” Exodus 20:9-11.

2. No sétimo dia, o homem deve pôr de lado sua rotina normal de atividades diárias e adorar ao verdadeiro Deus? (Isaías 58:13-14).

3. São mil anos “um dia” para Deus, e vice versa? 2 Pedro 3:8.

4. Em Hebreus 4:4, 11, o sétimo dia da semana é figurada como uma tipificação do “repouso” pacífico que vai seguir a vinda de Cristo. É o tempo de reinado de Cristo sobre a terra, que vai seguir a época atual do abuso de reinado sob a mão do homem com sua maneira de pelejar em guerra, especificamente chamado “mil anos”? Apocalipse 20:4.

COMENTÁRIO: Desde que “o dia” milenar é da duração de mil anos, logicamente supõe-se que os seis “dias” prévios seria a soma de 6.000 anos, seguidos por 1.000 anos, assim tem-se 7.000 anos.

5. Quando os discípulos perguntaram a Jesus se Ele restauraria o Reino de Deus nos dias deles, qual foi a sua resposta? Atos 1:6-7.

COMENTÁRIO: Os apóstolos não compreenderam totalmente o esboço de tempo do plano de Deus enquanto Jesus estava com eles. Eles continuaram nesta cegueira durante algum tempo. No início, eles pensaram que o reino de Deus seria estabelecido nos seus dias. Mas antes de eles falecerem, eles compreenderam que Cristo voltaria numa data muito mais adiante. Pedro disse: “O Senhor não retarda a sua promessa [de regressar] … mas é longânimo …” (2 Pedro 3:9). Deus é paciente. Ele absteve-se de intervir nos acontecimentos mundiais por quase 6.000 anos.

Por quê?

Porque Deus em vista do esboço descrito acima, Deus designou um perído de 6.000 anos no qual o homem poderá aprender que seus caminhos levam a nada mais que ao SOFRIMENTO e à MORTE!

Algumas Bíblias contêm datas tentativas de cronologia mostrando que a vida humana poder ter começado na terra no ano 4.004 a.C. (Outra evidência indica que poder ter acontecido um pouco mais tarde.) Mais 2.000 anos passaram desde o nascimento de Cristo – somando cerca de 6.000 anos de civilização humana até à data atual.

Como é inspiradora e significativa a nossa época atual – à hora de haver no mundo a ameaça de extinção da vida – depois de 6.000 anos de existência da humanidade. Quão emocionante que o próprio Jesus disse que quando víssemos os eventos preditos por Ele, Ele voltaria de novo, desta vez para socorrer a humanidade de aniquilação e estabelecer o Reino de Deus, assim trazendo a paz permanente!

Você acaba de ver um breve sumário – um esboço conciso – da solução de Deus para com os problemas do mundo. Você começou a compreender a necessidade urgente da volta prometida de Cristo. Na Segunda Lição o leitor vai aprender mais sobre a intervenção espetaculoso nos assuntos do mundo com são revelados nas profecias surpreendentes e detalhadas da Bíblia. ƒb

TESTE SUA MEMÓRIA

Projetamos este “quiz” (pequeno exame) para ajudar ao leitor a se lembrar dos fatos importantes que você aprendeu na lição. Você simplesmente circula ou sublinha cada resposta correta. Depois que você terminar este teste, confira suas escolhas com as respostas corretas listadas ao término do quiz, e então avalie quantas perguntas acertou.

1. O que é a Bíblia? A. Somente a história da indagação de um povo antigo para chegar a um conceito de Deus. B. Uma revelação do conhecimento básico que o homem precisa saber sobre a realidade que ele não é capaz descobrir por si mesmo. C. Uma casa de tesouro de pensamentos piedosos. D. Um mistério incompreensível.

2. Este curso de estudo bíblico começa com as condições atuais do mundo porque: A. é o único lugar lógico para se começar. B. a profecia é o único assunto importante na Bíblia. C. a Bíblia terá mais significado para nós se a relacionarmos com a nossa vida atual. D. a própria Bíblia não começa no princípio.

3. Qual das seguintes opções não é coisa proveitosa que a Bíblia ensina? A. A doutrina. B. O auto-elogio do ego. C. A instrução em justiça. D. A reprovação e a correção.

4. A maioria das pessoas hoje em dia não compreende a Bíblia porque: A. o seu teor é incompreensível. B. ela se contradiz. C. os homens tentaram interpretá-la para justificar os seus próprios modos. D. eles não tentaram interpretá-la.

5. Grandes estadistas mundiais nos dizem: A. a Organização das Nações Unidas tem as soluções para os problemas mundiais. B. o homem agora tem a capacidade de aniquilar toda a vida neste planeta! C. Cristo estabelecerá a paz mundial. D. os homens abandonarão a guerra e aprenderão a viver em paz.

6. Qual é a causa fundamental da guerra e do sofrimento humano? A. Os prazeres sensuais da humanidade de mentalidade carnal, B. Falsas ideologias políticas como Comunismo e Fascismo. C. Pobreza. D. Falta de oportunidade educacional e econômica.

7. O que revela Deus sobre o conhecimento do homem? A. Tudo vai sair bem contanto que façamos o melhor que pudermos com o que sabemos. B. Apenas os nossos líderes nacionais conhecem o caminho para a paz. C. O caminho que parece certo aos seres humanos acaba na morte! D. O homem usa conhecimento independentemente dos seus desejos impróprios.

8. Antes de Deus intervir nos assuntos do mundo, Ele sempre: A. tenta converter o mundo. B. revela os planos dEle aos seus profetas e ministros. C. envia pestilências ao mundo sem advertência anterior. D. envia Jesus de volta à terra.

9. Um anjo revelou a Maria que: A. o Filho dela regeria a terra desde o céu. B. o Filho dela fundaria igrejas que reformariam o mundo. C. Jesus não seria de modo algum diferente de qualquer outra criança. D. o Jesus regeria na terra.

10. O padrão para o plano de 7.000 anos de Deus é revelado: A. no processo da evolução. B. no Milênio. C. nas sete igrejas de Apocalipse 2 a 3. D. na semana de sete dias.

VERDADEIRO OU FALSO

11. Deus disse a Daniel que o livro seria selado de forma que ninguém – nem mesmo os sábios – entenderia o livro no tempo do fim. V F

12. O “fim do mundo” refere-se à destruição de nosso planeta – este mundo físico no qual nós vivemos. V F

13. O tempo da angústia profetizado para o fim desta “época” será pior do que qualquer período de problemas que jamais existiu. V F

14. A humanidade teria alcançado há muito tempo o ponto de auto-extermínio se Deus não tivesse contido o gênio inventivo extraviado do homem logo após o Dilúvio. V F

15. Jesus Cristo veio proclamar uma mensagem sobre o Reino de Deus a ser estabelecido “no coração do homem” em vez de ser estabelecido na terra. V F

EMPARELHAR

Emparelhe a frase de número com uma frase de letra.

16. O resultado de desejos ilícitos

A. “A mensagem de Israel”

17. A única esperança para se sobreviver

B. A paz através dos homens

18. O evangelho de Cristo

C. Os nossos “tempos” perigosos

19. Gálatas 1:8

D. O “evangelho” popular de hoje

20. 1.000 anos

E. a intervenção de Cristo

F. O amaldiçoamento por ter-se pervertido o Evangelho de Cristo

G. “O Evangelho da graça”

H. Um “dia” para com Deus

I. Jesus o Salvador

J. O Reino de Deus

RESPOSTAS AO QUIZ/TESTE

Avalie-se a si mesmo

1 – B

5 – B

9 – D

13 – T

17 – E

2 – C

6 – A

10 – D

14 – T

18 – J

3 – B

7 – C

11 – F

15 – F

19 – F

4 – C

8 – B

12 – F

16 – C

20 – H

13 – 15 Correto

Mais ou menos

16 – 18 Correto

Bom

19 – 20

___________________________________________________________________________________________
TERMO DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE

Através deste site da Internet, você pode se conectar a outros sites que não estão sob o controle do Fundo Bíblico.  Além disso, podemos nos referir a outras fontes na Internet.  A inclusão de links não significa necessariamente uma recomendação ou um endosso das opiniões expressas nos referidos sites.

Nossa política se baseia no princípio dado por Jesus Cristo quando Ele disse a Seus discípulos:  “E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus…. de graça recebestes, de graça dai” (Mateus 10:7-8).  Os leitores podem baixar artigos do site do Fundo Bíblico.  Se fizerem isso, solicitamos àqueles que usarem nossos artigos em outros lugares, que por favor incluam o nome, endereço e o termo de isenção de responsabilidade que pode ser visto no final dos nossos artigos.

Honramos, também, o princípio enunciado pelo próprio Cristo:  “Pois quem não é contra nós é a nosso favor” (Marcos 9:40).

Por favor, respeite nossa política de não vender nenhum material colocado no nosso site.

Se alguém perceber que algum material nosso está sendo usado em outros sites, poderá verificar sua fidelidade em relação ao original, comparando-o com o material no nosso site.

_____________________________________________________________________________________________

Uma publicação do Fundo Bíblico,
distribuída gratuitamente

Enviem os pedidos de literatura a:

Jean Marcelo da Silva O Fundo Bíblico
Caixa Postal 12 Caixa Postal 154
59380-000 Currais Novos – RN Lubango
B R A S I L A N G O L A

Por que devemos estudar a Bíblia? Será que ela se ajusta ao mundo de hoje? Que é exatamente a Bíblia, e como devemos estudá-la para realmente entendê-la? Esta lição lhe dá as respostas tiradas

diretamente da sua Bíblia.